Sobre o “governo económico europeu”

Steffen Kampeter (http://www.merkur-online.de)

Steffen Kampeter (http://www.merkur-online.de)

Um dos temas que mais tem estado sobre a mesa das chancelarias europeias é a instauração (por meios não democráticos) do chamado “governo económico europeu”. Nem todos contudo – nos mais altos escalões – estão de acordo com uma medida que tem sido muito impulsionada pela ultraliberal Comissão Barroso. Mas nem todos concordam. Por exemplo, Steffen Kampeter, nada mais nada menos que o vice-ministro das Finanças alemão, declinou essa ideia defendendo em seu lugar uma consolidação financeira em todo o continente.

A Europa continua contudo na expectativa de que a bancarrota de um país da União poderia destruir a moeda única. Perante tal situação, muitos (sobretudo na Alemanha) acreditam que em tal circunstância esse país devia ser expulso do euro. É claro que tal saída teria consequências políticas tremendas para o edifício europeu e destruiria grande parte do trabalho de integração das últimas décadas. Sobretudo, demonstraria que a construção comum europeia nas suas várias vertentes, cultural, social, científica e política era afinal bem menos importante que a económica. Em suma: será o princípio do fim da União Europeia.

Embora seja altamente questionável (e alguns já o fizeram, como o prémio Nobel da economia) que a aplicação de tanta contenção orçamental num momento em que apenas se estavam a dar os primeiros sinais de recuperação da atividade económica, é certo que a Europa tem vivido acima das suas possibilidades. Embriagados por décadas de crédito barato e pelo “escudo do euro” quase todos os países europeus (e não apenas os PIIGS) viveram muito acima das suas possibilidades e agora há que inverter curso e repor o sempre saudável equilibrio entre Rendimentos e Despesas que deve presidir a qualquer governação. Para tal será inevitável reduzir alguns dos apoios sociais mais dispensáveis e desviar recursos para áreas como a promoção da inovação, a investigação científica e a Educação. Só pela via da inovação poderá a Europa inverter este rumo descendente que agora a carateriza e que já tornou economias como as do Brasil, China e Índia nas locomotivas da economia mundial? funcionando hoje já a um ritmo superior aos da recessão de 2008, enquanto os EUA ainda estão 10% abaixo desse valor e a Europa a 20%.

Fonte:
http://aeiou.expresso.pt/sair-do-euro-nao-e-uma-opcao-politica=f586650

About these ads
Categories: Economia, Política Nacional, Portugal | 1 Comentário

Navegação de artigos

One thought on “Sobre o “governo económico europeu”

  1. Otus scops

    Sobre o Governo Económico Mundial.
    estes assuntos desligados do exterior não funcionam, é como ver um elefanta à lupa, o problema da UE são os BRIC porque não cumprem uma série de obrigações fiscais, sociais, ambientais, educacionais, rede de saúde publica, etc, de soberania que onera e de que maneira os estados da Europa. o problema da UE é mundial e o problema do mundo é da UE – está tudo intimamente ligado.

    em baixo o link para um artigo perturbador, a simplicidade das soluções e a perversidade de alguns que as bloqueiam, com prejuízo para a maioria e lucros astronómicos para poucos:

    Ajuda ao desenvolvimento em cinco passos fáceis

    Cada país, rico ou pobre, deve garantir o acesso universal aos cuidados primários de saúde, o que inclui condições seguras de nascimento, nutrição, vacinas, controlo da malária e serviços clínicos. Cada ano, quase nove milhões de crianças morrem em condições que podiam ter sido evitadas ou tratadas e quase 400 mil mulheres morrem devido a complicações durante a gravidez.

    http://www.jornaldenegocios.pt/home.php?template=SHOWNEWS_V2&id=435639

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s

Blog em WordPress.com. The Adventure Journal Theme.

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa.org

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

DIGITAL DEMOCRACY AND NOMOCRACY (THE RULE OF LAW)

Peaceful digital democratic evolution! Practical philosophical thoughts in light English! Is digital democratic communism possible?

looking beyond borders

Looking at foreign policy differently

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

Parece piada... fatos incríveis, estórias bizarras e outros micos

Tem cada coisa neste mundo... e todo dia surge uma nova!

O Vigia

O blog retrata os meus pensamentos do dia a dia e as minhas paixões, o FLOSS, a política especialmente a dos EUA, casos mal explicados, a fotografia e a cultura Japonesa e leitura, muita leitura sobre tudo um pouco, mas a maior paixão é mesmo divulgação científica, textos antigos e os tais casos ;)

A Educação do meu Umbigo

Gaveta aberta de textos e memórias a pretexto da Educação que vamos tendo. Este blogue discorda ortograficamente. Contacto: guinote@gmail.com

Promocão e difusão da língua portuguesa

Blogvisão

"Qualidade de informação para qualidade de opinião!"

geoeconomia

Just another WordPress.com site

Egídio G. Vaz Raposo

Media Scholar | Communication Consultant | Trainer

Mudar as coisas...

vivemos no presente, e é nele que devemos mudar. mudarmo-nos é condição necessária para mudar as coisas…

Um Jardim no Deserto

Um minúsculo oásis no imenso deserto físico, mental e espiritual em que se está a transformar Portugal

Extraterrestres ARQUIVO

Seja bem vindo ao Site Extraterrestres Arquivo - Volte Sempre

Muralha Verde SCP

Em prol da defesa e do ataque do Sporting!

Pitacos De Um Torcedor Corinthiano

Louco por ti Corinthians!

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 4.863 outros seguidores

%d bloggers like this: