Daily Archives: 2012/01/24

Sobre a aproximação fronteiriça Galiza-Portugal

“A festa era sobretudo galega, com uma Cavalta de Reis a unir Valença e Tui, mas foram os bombeiros da cidade portuguesa a sorrir de forma especial ao receberem um cheque de 500 euros da autarquia da Galiza. “É uma ajuda dada habitualmente pela autarquia de Tui, pelo apoio que nós prestamos todo o ano”, explicou o presidente da Associação Humanitária dos Bombeiros de Valença. Isto porque o concelho de Tui não dispõe de corpo de bombeiros, pelo que em caso de emergencia o primeiro socorro é prestado pelos “voluntários” de Valença. “Obviamente que não chega para as despesas que temos em prestar o serviço, mas é um apoio importante”.

Diário de Noticias
6 de janeiro de 2012

Este singelo, mas ilustrativo, exemplo das boas relações entre as gentes da raia nortenha, espelha apenas as mútuas vantagens da aproximação luso-galega, as similitudes e proximidades linguísticas, culturais e civilizacionais entre Portugal e a Galiza e demonstram aquilo que uma aproximação entre os dois povos pode produzir: um maior rendimento dos equipamentos culturais e sociais existentes de ambos os lados da fronteira, até como forma de compensar o esvaziamento do interior que carateriza décadas de esvaziamento centralista de Lisboa e Madrid.

Portugueses e Galegos têm tudo a ganhar com esta aproximação. Lisboa e Madrid não perdem, nem ganham. Mas os cidadãos, ganham: em qualidade de vida e no pleno rendimento dos serviços públicos redundantes de ambos os lados da raia.

Categories: Galiza, Lusofonia | 5 Comentários

A Procura de Moeda

Pela sua natural liquidez, a moeda simplifica as transações. Mas ao deterem moeda, os seus utilizadores estão sujeitos aos chamados “custos de oportunidade” uma vez que perdem a taxa de juro positiva que os ativos alternativos rendem. Desta forma, a expetativa de um nível mais elevado de inflação e de uma taxa de juro nominal mais elevada produz um efeito negativo na procura de moeda.

Por exemplo, se a taxa de juro de curto prazo paga sobre os depósitos bancários é de apenas 2 por cento, possuir mil euros leva a perder 20 euros por ano. A taxa de juro das oportunidades de investimento alternativas é o custo de oportunidade da detenção de notas.

Mas se numa inflação alta, as taxas de juro nominais aumentam e o juro bancário é de 10 por cento, os mesmos mil euros correspondem a dois euros por semana. Assim, quanto maior for a taxa de juro, maior a procura por notas e por isso é que a procura de moeda é elástica em relação à taxa de juro.

Categories: Economia, Economia Politica | 1 Comentário

Os fatores que determinam a evolução dos preços

A politica monetária influencia o nível de preços através do chamado “mecanismo de transmissão”: o banco central é o único emitente da “base monetária”, em monopólio, está assim em condições de influenciar as condições no mercado monetário e de orientar as taxas de juro de curto prazo.

No curto prazo, uma alteração das taxas de juro induzida pelo banco central tem um impacto nas decisões de despesa e de poupança das famílias e empresas. Assim, as taxas de juro mais altas tornam menos atrativo o recurso a empréstimos para o financiamento do seu consumo ou investimento. Pelo contrário, estimulam a poupança.

é geralmente aceite que no longo prazo, depois de ocorridos todos os ajustamentos reais na economia, uma alteração na quantidade de moeda em circulação só se reflete no nível geral dos preços e não cria alterações reais no produto ou no desemprego. Equivale assim à substituição de uma medida (km) por outra (milha) na medição das distancias. Chama-se a este principio “neutralidade da moeda” a longo prazo e presume que a longo prazo o rendimento real e o nível de emprego são determinados por fatores reais (do lado da oferta) e não por uma politica monetária expansionista.

A inflação é essencialmente um fenómeno monetário. A Historia mostra-nos que períodos prolongados de inflação elevada estão geralmente associados a um crescimento monetário intenso.

A oferta agregada refere-se à oferta de bens e serviços produzidos pelas empresas. Com os salários nominais constantes, um nível de preços mais elevado conduz a um decréscimo dos salários reais. Com salários reais mais baixos torna-se mais lucrativo para as empresas contratarem mais

Categories: Economia, Economia Politica | Deixe o seu comentário

Create a free website or blog at WordPress.com. The Adventure Journal Theme.

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa.org

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

DIRECT e-DEMOCRACY NOMOCRACY & EQUALITY LAWS..! THE RULE OF LAW

Are we going to allow chinese dictators to own the whole planet?

looking beyond borders

Looking at foreign policy differently

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

Parece piada... fatos incríveis, estórias bizarras e outros micos

Tem cada coisa neste mundo... e todo dia surge uma nova!

O Vigia

O blog retrata os meus pensamentos do dia a dia e as minhas paixões, o FLOSS, a política especialmente a dos EUA, casos mal explicados, a fotografia e a cultura Japonesa e leitura, muita leitura sobre tudo um pouco, mas a maior paixão é mesmo divulgação científica, textos antigos e os tais casos ;)

A Educação do meu Umbigo

Gaveta aberta de textos e memórias a pretexto da Educação que vamos tendo. Este blogue discorda ortograficamente. Contacto: guinote@gmail.com

Promocão e difusão da língua portuguesa

Blogvisão

"Qualidade de informação para qualidade de opinião!"

geoeconomia

Just another WordPress.com site

Egídio G. Vaz Raposo

Media Scholar | Communication Consultant | Trainer

Mudar as coisas...

vivemos no presente, e é nele que devemos mudar. mudarmo-nos é condição necessária para mudar as coisas…

Um Jardim no Deserto

Um minúsculo oásis no imenso deserto físico, mental e espiritual em que se está a transformar Portugal

Extraterrestres ARQUIVO

Seja bem vindo ao Site Extraterrestres Arquivo - Volte Sempre

Muralha Verde SCP

Em prol da defesa e do ataque do Sporting!

Pitacos De Um Torcedor Corinthiano

Louco por ti Corinthians!

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 4.708 outros seguidores