Daily Archives: 2012/01/30

Do (bom) estado da Arquitetura em Portugal

Souto de Moura (http://porto24.pt)

Souto de Moura (http://porto24.pt)

“Muitos perguntaram como é que um pais pequeno consegue dois prémios Pritzker: Souto de Moura quase duas décadas depois de Álvaro Siza. A Espanha, uma potencia da arquitectura, só tem um. Só um prémio pode indicar que há um génio, dois indicam qualquer coisa mais. Indicam que há gerações que ensinam outras, que há uma continuidade. Talvez como o medico e neurologista Egas Moniz explique, em parte, a existência do neurocientista Antonio Damásio.
A segunda pergunta a fazer é o que é que a qualidade da arquitectura portuguesa, que permitiu dois prémios Pritzker, pode ensinar a Portugal? “Os dois prémios significam um padrão e que não se trata de coisa isolada.” (…) “Siza e Souto de Moura têm um grau de relação com o trabalho que é obsessivo. Esse grau de obsessão é um dado importantíssimo, porque, traduzido de outra maneira, é um grau de ambição que não é comum”. Essa forma de trabalhar, diz o critico, foi exportada para o resto do país. “É uma cultura que se tornou partilhada pela maioria das escolas e ateliers portugueses.” Depois, Siza e Souto de Moura têm uma auto-confiança cultural que pode ser um exemplo:”Ser português para eles não é uma calamidade A razão da nossa depressão é também um certo complexo de ser português. Temos uma hipersensibilidade à nossa dimensão periférica. Eles têm um sentimento de pertença e relacionam-se absolutamente à conta de com os nomes centrais da arquitectura mundial.” (Critico de arquitectura, Jorge Figueira)

Isabel Salema
Público 30 de dezembro de 2011

Apesar da oferta excessiva dos cursos de arquitetura existente em Portugal nas ultimas décadas existe em Portugal (sobretudo na chamada “Escola do Porto”) um registo consistente de excelência e de renome mundial. Portugal é hoje uma das potencias mundiais na área da arquitectura. Hoje, existe um profundo desequilíbrio no mercado laboral entre a oferta e a procura de arquitectos, mas ser um “arquiteto português” é – graças a Siza Vieira, Souto de Moura e outros – uma vantagem competitiva no mercado global. E com o desemprego a crescer em Portugal nos próximos dez anos, cada vez mais ou ateliers de arquitetura procuram clientes externos (sobretudo na África Lusófona), ou então os jovens arquitetos buscam a via da emigração…

De qualquer modo, Portugal faz bem, ou melhor, muito bem, na Arquitetura e num momento em que o pais mergulha numa depressão coletiva recordar que somos lideres em alguns dos campos mais competitivos e exigentes do mundo deve recordar-nos que somos um pais milenar, que já venceu inúmeras crises aparentemente fatais e que não será esta que vão acabar connosco.

Categories: Portugal | Deixe o seu comentário

Create a free website or blog at WordPress.com. The Adventure Journal Theme.

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa.org

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

DIRECT e-DEMOCRACY NOMOCRACY & EQUALITY LAWS..! THE RULE OF LAW

Are we going to allow chinese dictators to own the whole planet?

looking beyond borders

Looking at foreign policy differently

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

Parece piada... fatos incríveis, estórias bizarras e outros micos

Tem cada coisa neste mundo... e todo dia surge uma nova!

O Vigia

O blog retrata os meus pensamentos do dia a dia e as minhas paixões, o FLOSS, a política especialmente a dos EUA, casos mal explicados, a fotografia e a cultura Japonesa e leitura, muita leitura sobre tudo um pouco, mas a maior paixão é mesmo divulgação científica, textos antigos e os tais casos ;)

A Educação do meu Umbigo

Gaveta aberta de textos e memórias a pretexto da Educação que vamos tendo. Este blogue discorda ortograficamente. Contacto: guinote@gmail.com

Promocão e difusão da língua portuguesa

Blogvisão

"Qualidade de informação para qualidade de opinião!"

geoeconomia

Just another WordPress.com site

Egídio G. Vaz Raposo

Media Scholar | Communication Consultant | Trainer

Mudar as coisas...

vivemos no presente, e é nele que devemos mudar. mudarmo-nos é condição necessária para mudar as coisas…

Um Jardim no Deserto

Um minúsculo oásis no imenso deserto físico, mental e espiritual em que se está a transformar Portugal

Extraterrestres ARQUIVO

Seja bem vindo ao Site Extraterrestres Arquivo - Volte Sempre

Muralha Verde SCP

Em prol da defesa e do ataque do Sporting!

Pitacos De Um Torcedor Corinthiano

Louco por ti Corinthians!

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 4.713 outros seguidores