Sobre a “Parceira Especial” entre Cabo Verde e a União Lusófona, o “Passaporte Lusófono” e demais aproximações

CPLP (www.linguabrasilcultura.com)

CPLP (linguabrasilcultura.com)

Depois da “Força Lusófona de Manutenção de Paz“, uma das primeiras tomadas públicas de posição do MIL foi a defesa de um “Passaporte Agostinho da Silva” que facilitasse a circulação de pessoas entre o espaço lusófono. Em 2001-2002 a ideia foi acolhida com alguma frieza nos meios de comunicação porque se vivia então um sentimento quase generalizado anti-migrações. Volvidos mais de dez anos, Portugal acolhe hoje menos migrantes lusófonos do que aqueles que tem em qualquer PALOP e no Brasil. Nalguns casos, como Angola, por cada angolano em Portugal, estão quatro portugueses trabalhando em Angola… O “medo” de uma “invasão” africana ou brasileira é assim hoje completamente ridículo, dando assim razão às posições que defendíamos ja em 2001.

Os princípios que nos levavam a defender um “Passaporte Lusófono” são hoje ainda mais atuais. A aproximação de Cabo Verde à União Europeia tem aberto aliás portas que – perante uma atitude corajosa da CPLP – poderiam até levar à fundação do “Passaporte Lusófono”. No mais recente sucesso neste campo, Cabo Verde anunciou que os seus académicos, empresários e artistas terão a partir de 2012 um acesso mais fácil ao território da União Europeia. Esta simplificação dos vistos será feita no âmbito da “Parceria Especial entre a União Europeia” que foi assinada em 2007, mas pode e deve ser alargada a todos os outros países lusófonos, devendo Portugal assumir no seio da União Europeia de uma posição de liderança corajosa e decidida procurando assim alavancar um parceria mais ampla e extensa. Com a extensão da “parceria especial” a outras nações lusófonas Portugal veria assim vencida a barreira potencial que a Europa lançou sobre si, ciosa da exclusividade do seu poder, e as condições para um aprofundamento da CPLP e a fundação de uma “União Lusófona” que não excluísse, antes incluísse a Uniao Europeia saem reforçadas.

Fonte:
http://noticias.sapo.cv/lusa/artigo/13382578.html

Categories: Lusofonia, Movimento Internacional Lusófono, Política Internacional, Política Nacional, Portugal | Tags: | 4 comentários

Navegação de artigos

4 thoughts on “Sobre a “Parceira Especial” entre Cabo Verde e a União Lusófona, o “Passaporte Lusófono” e demais aproximações

  1. Concordo com a ideia de um «Passaporte Lusófono» , Jà ! Como primeiro passo para uma União mais alargada.

    • é uma das posicoes mais antigas do MIL, com direito a peticao online… E cada vez mais atual, especialmente agora que o “fantasma” da invasao africana ou brasileira se inverteu… E quantas criticas recebemos quando lancamos esta proposta…

  2. Que ideia brilhante !!!
    Agradeço a publicação , e dou todo o apoio, em nome da ALDH-Associação Lusófona de Direitos Humanos.
    Estou divulgando para todos os amigos de Timor, Cabo Verde, Angola e Brasil.

  3. Obrigado, Gisela!
    O tema da Lusofonia será sempre um dos dominantes, aqui pelo Quintus…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

site na WordPress.com.

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

Moradores do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Moradores do Areeiro

AMAA

Associação de Moradores e Amigos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

RULE OF LAW NOMOCRACY THE GOVERNING SYSTEM

A new world with common laws to own and to govern everything with a common language, a common civilsation and DDD Digital Direct Democracy.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

Parece piada... fatos incríveis, estórias bizarras e outros micos

Tem cada coisa neste mundo... e todo dia surge uma nova!

O Vigia

O blog retrata os meus pensamentos do dia a dia e as minhas paixões, o FLOSS, a política especialmente a dos EUA, casos mal explicados, a fotografia e a cultura Japonesa e leitura, muita leitura sobre tudo um pouco, mas a maior paixão é mesmo divulgação científica, textos antigos e os tais casos ;)

A Educação do meu Umbigo

Gaveta aberta de textos e memórias a pretexto da Educação que vamos tendo. Este blogue discorda ortograficamente. Contacto: guinote@gmail.com

iilp.wordpress.com/

Promocão e difusão da língua portuguesa

Blogvisão

"Qualidade de informação para qualidade de opinião!"

geoeconomia

Just another WordPress.com site

E.VAZ. STRATEGIES, LDA

Strategic Communication and Information Consultants

%d bloggers like this: